Camera360_2014_7_24_083929_jpg

Brasília – O governo conseguiu hoje (23) duas vitórias em relação à apuração da operação de compra, pela Petrobras, da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Durante sessão do Tribunal de Contas da União (TCU), realizada nesta tarde, os conselheiros votaram conforme o relator do processo que avalia o caso no tribunal, ministro José Jorge Vasconcelos. E consideraram que a presidenta Dilma Rousseff e os demais integrantes do Conselho de Administração da estatal em 2006 – ano em que foi efetivado o negócio – não devem ser responsabilizados pelos prejuízos e eventuais irregularidades observadas.

Fonte: Rede Brasil Atual

Anúncios